Blog

Comunicação e marketing: vale a pena investir no offline?

Vale a pena investir no offline?

O maior dilema da comunicação e marketing dos meios tradicionais hoje é demonstrar as métricas de resultados, visto que, de um lado apresenta ao cliente as vantagens em publicar releases e estabelecer relacionamento com a imprensa e, de outro, convencendo a empresa a anunciar no veículo.

Já vi media kit de veículos de interior oferecendo anúncios para pageviews maiores que portais de notícia nacionais. E o anunciante só vai conseguir uma estimativa, se comparar com o media kit de outros veículos, mas não vai conseguir conferir esses dados exatos.

Como esse problema não acontece no marketing digital, onde tudo pode ser contabilizado: ROI, CPA, CPC, COM, CPL e CTR, muitas vezes as empresas acabam abandonando a ASCOM e os anúncios para fazer somente marketing digital.

É um erro achar que a assessoria de comunicação perdeu a relevância e as empresas precisam lembrar que somos 200 milhões de brasileiros e, apenas metade está conectada. A outra metade ainda está nos meios tradicionais e deve ser abordada pela sua marca. O off-line é ótimo para branding!

Marketing offline - vale a pena?

Assessoria de imprensa e anúncios: dois lados da mesma moeda

Como no marketing digital, o importante é segmentar. Conceda entrevistas, patrocine eventos, fale e se relacione com este público.

Se a verba para anunciar em um jornal é curta, direcione para a assessoria de imprensa e contabilize os primeiros resultados. Nada impede que as duas estratégias caminhem juntas, mas lembre-se que o foco aqui é gerar visibilidade e não vendas.

Tá, mas como mensurar?

Não é possível mensurar o ROI na assessoria e no anúncio, mas é possível adotar algumas práticas e acompanhar os resultados. Exemplo: anúncio em revista com redirecionamento via QR Code direto para a página do produto ofertado. Insira uma tag no QR code e contabilize os acessos via Google Analytics.

Outra prática bastante comum na Assessoria de Imprensa é calcular o valor do anúncio nos veículos e comparar em centímetros o espaço que conquistou para a publicação de uma matéria mencionando a marca. A marca precisa deduzir este valor, os custos com a assessoria de imprensa para ter um valor líquido de economia. É uma forma de saber quanto a empresa economizou e conquistou visibilidade.

Então, compensa?

Compensa sim, dentro de uma estratégia de marketing que defina os públicos a serem atingidos e as melhores plataformas para encontrá-los. Se este público acessa o online, é lá que as estratégias precisam ser desenvolvidas (mídia paga, SEO, redes sociais, assessoria de imprensa); se ele está offline e os seus produtos e serviços estão na internet, procure criar uma ponte, desenvolvendo estratégias no offline direcionando o usuário para o online.

Postado originalmente aqui.

Laryssa Caetano – Analista de SEO, investindo no offline da vida real também!

Leia também

Desafios e oportunidades de negócios no MS

Você sabe qual a importância dos blogs no mercado de trabalho hoje em dia? O volume de blogueiros cresce a cada dia…

DIGITALKS inicia programação de eventos 2016 com o Meeting Digitalks em Campo Grande

No dia 24 de fevereiro, Campo Grande abrirá a programação de 2016 do calendário Digitalks, que percorre todas as capitais do Brasil, para discutir…

Deixe seu comentário

Top